A TEXT POST

Vícios.

Há tempos em que temos que começar a prestar mais atenção em nós mesmos, deixar de direcionar o olhar pros outros e olhar pra dentro, lá onde nossa alma habita. Ando fazendo isso, me interiorizando e me descobrindo. Bom, dentro desse momento a gente começa a reparar nossos vícios e nossas dependências, desde os mais bobos até os mais temidos e indesejáveis, chegando as diversas conclusões.

Descobri que sou péssima para escutar as pessoas, falo demais e acabo perdendo a oportunidade de ouvir e muitas das vezes o que a pessoa tem a nos dizer é muito mais importante do que a bobagem que nós temos para falar, com isso comecei a me policiar e ver que Deus me deu dois ouvidos e apenas uma boca, acho que isso tem um motivo, conclusão fale menos e ouça mais.

Descobri que sou movida a música, posso gostar das coisas mais bregas e das mais cults, mas em todos os meus momentos procuro uma música que identifique, quando acho ouço mil vezes, canto, danço, compartilho com o mundo, aquele é o meu momento cantado por uma pessoa que provavelmente já compartilhou de um momento parecido, portanto vira também a minha música. Essa não tem o que ser consertado não, faz parte de mim e eu adoro.

Descobri que quando eu começo uma amizade e ela começa a ser boa pra mim eu me entrego totalmente, deposito fichas e mais fichas na pessoa, faço nela um porto seguro de emoção, de segredos e de confidencias e acima de tudo eu espero muito dessa pessoa, confio que ela irá fazer por mim a mesma coisa que sou capaz de fazer pelas pessoas que amo, pelas pessoas que quero bem. Consequência disso… quase sempre quebro a cara, me machuco e saio disso na pior. Nota: nunca deixar de confiar nas pessoas, mas aprender a apostar as minhas fichas nas pessoas certas e não naquelas que parecem ser a certa na primeira oportunidade dada.

Aprendi que sou muito dependentes de pessoas a minha volta, sejam elas quais forem, mas pessoas que queiram o meu bem, que interajam comigo, que conversem, que brinquem, que pensem. Sozinha eu sou apenas um casulo e me deprimo facilmente, me fechar em mim e somente isso não traz nenhum benefício, ao contrário só me faz adoecer mais a cada dia, me deixa mais frágil e mais fraca. Claro, há momentos em que precisamos de um tempo para nós mesmos e eu não sou diferente, preciso as vezes conversar somente comigo, mas esse tempo não pode ser prolongado, a loucura ainda não é uma patologia desejável aos 21 anos.

Aprendi que me preocupo demais com as pessoas que amo, principalmente com a minha família. Amar pra mim é um bem precioso e as pessoas que mais amo acabam se tornando pra mim essenciais, é como se eu precisasse cuidar delas como cuido de mim. Resultado a minha família sempre vai estar do meu lado, mas nem todas as pessoas que amo agora serão as que vou amar amanhã e quando elas me deixarem de lado ou quando o tempo do amor acabar eu tenho que parar de me preocupar com elas, eu tenho que aprender a abrir mão e parar de querer saber a cada minuto se estão bem ou no que eu posso ajudar, senão fico maluca e acabo esquecendo de mim mesma.

E descobri acima de tudo que eu sou completamente hiperativa, a mesma atividade ao mesmo tempo me irrita, preciso de distração, preciso de coisas para fazer, ficar parada é um desconforto tão grande que chega a me agredir. Preciso funcionar sempre, mas não sempre com a mesma coisa. É preciso então estar sempre fazendo novos planos e novas metas e nunca ficar estacionada no mesmo lugar.

Ufa isso porque eu parei para pensar durante apenas alguns dias que se passaram, acho que todos deveriam ter esse momento.

A PHOTO

Eu acho que a vida nos leva a ter de escolher entre muitos caminhos, entre eles há aqueles que são permanentes e os que são temporários, há sempre os que são longos e os que são curtos, os que são fáceis e difíceis, mas não importa aonde leva o caminho a escolha é sempre muito difícil. Na verdade acho que escolhas são difíceis, não importa para o que e nem para onde, não há simplicidade em optar por uma coisa ao invés de outra, sempre há dúvidas e sempre aparece aquele pensamento chato: e se…. Por causa disso resolvi voltar a escrever meus textos, porque eu sou uma metamorfose, mudo conforme as horas, mudo conforme os dias e nunca sou uma só. Escrever me clareia as idéias e as vezes deixa bonito os maior feios dos sentimentos. Acima de tudo alivia minha alma. Seja bem vindo na minha vida novamente, tumblr!

A PHOTO

RISQUE AS COISAS IDIOTAS QUE VOCÊ JÁ FEZ:

1. Fingir que Tic Tac é cápsula de remédio.
2. Apostar corrida com o locutor da tele-sena no comercial falando os números sorteados.
3. Desenhar um relógio no braço.
4. Tampar o ralo do chão do banheiro pra fazer uma piscininha.
5. Comer Trident com papel porque “papel de Trident é comestível”
6. Fazer a proeza de enfiar o dedo no próprio olho sem querer.
7. Ficar entortando aquele lápis verde, e quebrar.
8. Apostar corrida de gotas na janela do carro quando tá chovendo.
9. Sonhar que foi pra aula pelado, ou sem uma parte da roupa.
10. Apagar tudo que estava escrevendo, quando vê que a outra pessoa está digitando alguma coisa no MSN.
11. Tentar equilibrar o interruptor de luz no meio, entre aceso e apagado.
12. Tirar uma nota melhor que o Nerd da sala sem ter estudado.
13. Abrir uma nova guia na internet e esquecer o que ia fazer.
14. Fingir que está fumando aqueles palitinhos salgados “Stiksy” da Elma Chips.
15. Ficar mordendo o copo de plástico depois de beber o que tinha dentro, depois rasgar em várias tiras pra fazer uma aranha.
16. Deixar sempre o volume do rádio/tv em um número redondo ou múltiplo de 5.
17. Ficar com preguiça de colocar um rolo novo de papel higiênico no lugar e deixar ele solto na pia.
18. Ficar desconfortável quando está assistindo TV ou um filme com os pais e começa uma cena de sexo.
19. Falar mal de alguém para outra pessoa e descobrir que era um parente/amigo dela.
20. Responder algo para alguém que está na sua frente e descobrir que a pessoa não estava falando com você.
21. Tirou o recheio de todas as Trakinas do pacote pra depois comer tudo de uma vez.
22. Esquecer o Twitter aberto por 15 minutos e quando voltou tinha 159 tweets pra ler.
23. Sentir a necessidade de apertar uma tecla sempre que passa perto de um teclado ou piano.
24. Sonhar que está tentando correr e mesmo assim se mover vagarosamente.
25. Desligar o plugin do MSN que mostra a música que você tá ouvindo para ouvir musicas toscas escondido.
26. Gritar “Aeeeee” quando a luz acaba.
27. Quando era pequeno, fingir que estava dormindo quando chegava de carro em casa, pra ser levado no colo pra dentro.
28 Ficar falando coisas obscenas ou besteira quando um amigo está falando com os pais no telefone.
29. Abrir o freezer e ficar feliz ao ver o pote de sorvete, abrir e ver que é feijão congelado.
30. Colocar caixinha vazia de Chiclets Adams/Clorets no dedo indicador.
31. Na hora de digitar a senha errar uma letra e apagar tudo só pra ter certeza.
32. Escrever uma risada gigante no MSN mesmo sem estar rindo.
33. Dar umas 5 chineladas em uma aranha. Ela nunca morre na primeira, começa a se retorcer, e vc tem que acabar logo com o sofrimento.
34. Estar assistindo algo super legal na Tv, e mudar sem querer tentando aumentar o volume.
35. Ficar se coçando com uma caneta e só depois de um tempão ver que se riscou inteiro porque a ponta tava pra fora.
36. Falar pra mãe do seu amigo que estava sem fome, mas estava com muita fome.
37. Tentar cortar um pedaço de carne com uma faca ruim, quando finalmente consegue, o pedaço sai voando do prato junto com o arroz.
38. Achar que está ganhando de alguém no videogame até descobrir que a sua tela era a de baixo.
39. Se molhar inteiro quando tenta lavar uma colher.
40. Se olhar no espelho no final do dia/aula e perceber que ficou o dia inteiro com o cabelo zoado, ou com alguma coisa na cara.
41. Querer digitar “!!!!!!!” e aparecer um “1” no meio!!!!!1!!
42. Levar mais tempo procurando o controle remoto do que levaria para simplesmente levantar e ligar direto na TV.
43. Colocar o braço perto da TV só pra ver levantar os pelinhos do braço.
44. Tentar pegar uma coisa que está caindo e derrubar outra.
46. Quando a vida tá muito complicada querer voltar no tempo, quando as únicas preocupações eram ganhar Tazos e acompanhar Pokémon.
47. Quando era pequeno, acordar cedo, pegar um cobertor e ir para a sala assistir desenho.
48. Ficar com raiva de si mesmo quando queima a língua.
49. Quando tem alguém concentrado contando alguma coisa, ficar falando números aleatórios, só pra confundir.
50. Quando pequeno, querer ter uma entrada para o quarto igual do Nino do Castelo Rá-Tim-Bum.

ééé, eu sou mongol ):

A PHOTO

Grandes frustações da vida, risque as suas:

01 – Não sei dançar break.

02 – Não sei assoviar.

03 – Não sei andar de bicicleta empinando a roda.

04 – Não sei fazer embaixadinhas.

05 – Não sei ver as horas em relógio de ponteiro.

06 – Não consigo girar bola de basquete na ponta dos dedos.

07 – Não sei fazer arroz. 

08 – Não sei jogar nenhum jogo de baralho.

09 – Não sei jogar com o Ken nem o Ryu.

10 – Não sei jogar Fifa nem PES.

11 – Não sei rodar peão.

12 – Não sei fazer manobra de skate.

13 – Nunca consegui resolver o cubo de Rubik.

14 – Não sei tocar nenhum instrumento.

15 – Não sei desenhar. 

16 – Não sei fazer conta de dividir.

17 – Não sei plantar bananeira.

18 – Não sei jogar xadrez.

19 – Não sei jogar sinuca.

20 – Não sei imitar o Silvio Santos.

21 – Não sei fazer malabares.

22- Não sei contar piadas.

23 – Não sei fazer moonwalk.

acontece…

A PHOTO

ai cara, isso me irrita muito, porque será que o mundo ta tão moderno assim e os contos de fadas mudaram tanto?! é o que eu sempre falo, não existe mais homens que se encaixam nas 3 categorias: solteiro, homem e decente… temos sempre que abrir mão de uma delas ):

A PHOTO

ai ai as férias…

A VIDEO

adorei essa musica, encontrei essa banda outro dia e achei mega foda!

A PHOTO

Sabe aqueles dias que você não tem nadinha pra fazer e resolve escrever porcarias em um blog, hehe, sou eu!

Depois de um dia de trabalho com pessoas que se acham reis, nada melhor do que descontar tudo que você pensa em palavras… Não entendo como esses “brigadeiros” da aeronautica acham que são muito superiores por causa de suas patentes, sinceramente, estou cagando pra patentes, somos ser humanos, todos nós e devemos respeito um aos outros. Mas isso é até bom sabia, aprendemos a lidar com as pessoas mais humildes, porque se eu sou destratada servindo eles, não vou destratar pessoas que estão me servindo em qualquer outro lugar, seja ele qual for.

Momento nostalgia total, vamos ver o que esse blog vai trazer haha, to esperando o novo episodios de the vampires diares, damon gostoso ):